O Turismo Acessível

Autor:

31 ago , 2016  

Promover o Turismo Acessível significa garantir que todos os cidadãos com deficiência ou mobilidade reduzida sejam capazes de alcançar e utilizar serviços e equipamentos turísticos com segurança e autonomia. No Brasil, 45 milhões de pessoas com mobilidade reduzida e deficiência auditiva ou visual, e além dos deficientes, alguns idosos apresentam restrições de mobilidade e precisam de mais segurança, utilizando também as estruturas e equipamentos adaptados.

turismo-acessível-Tirolesa

A acessibilidade é garantida hoje por leis federais, portanto o turismo acessível é uma realidade na maioria das cidades turísticas brasileiras, que já estão preparadas para receber este público mais do que especial.

turismo-acessível-Jardim-Sensorial-no-Rio-de-Janeiro

No Rio de Janeiro, por exemplo, a Lagoa Rodrigo de Freitas possui pedalinhos motorizados disponíveis. No Pão-de-açúcar existem elevadores-plataforma que dão acesso às bilheterias e a área de embarque com prioridade para pessoas com deficiência. O Jardim Botânico conta com um Jardim Sensorial, onde os visitantes têm seus olhos vendados e são guiados por um deficiente visual em um minilabirinto, onde terão contato com texturas e odores de diversas plantas. No Cristo Redentor o acesso pode ser feito através de elevadores ou escadas rolantes.

turismo-acessível-Museu-do-Futebol-em-Sao-Paulo

A metrópole de São Paulo é uma das cidades mais preparada para receber os deficientes. Alguns museus, como a Pinacoteca do Estado, MASP, Museu do Futebol e o Museu da Língua Portuguesa, possuem catálogos em braile e audioguias. As atrações públicas da cidade possuem rampas de acesso ou elevadores para cadeiras de roda. Nos parques do Ibirapuera e Villa Lobos, o acesso é facilitado por meio de rampas e no Parque do Jaraguá, há um mirante adaptado para os cadeirantes. As estações de metrô e trem são equipadas com elevadores que facilitam o deslocamento das pessoas com mobilidade reduzida. A cidade ainda possui a maior rede hoteleira adaptada.

turismo-acessível-rafiting-em-brotas

Brotas no interior de São Paulo é conhecida por ser um destino de aventuras. Os passeios funcionam normalmente e as operações são idênticas quando existe algum deficiente nelas, o que muda são alguns procedimentos operacionais. Monitores de várias operadoras receberam treinamentos para conduzir os turistas com deficiências. O rafting pode ser praticado por todos, já o rapel só não é indicado para os deficientes visuais. O lugar ainda conta com adaptações para arvorismo e tirolesa.

turismo-acessível-Cadeira-Anfibia

Ilhabela no litoral norte paulista possui uma excelente infraestrutura para os deficientes que procuram por diversão. Por meio de projetos do governo, algumas praias como a do Perequê, Sino e Praia Grande possuem cadeiras anfíbias, que facilitam a chegada dos deficientes ao mar, bem como rampas de acesso para cadeirantes e banheiros adaptados.

turismo-acessivel-Jardim-das-Sensacoes-em-Curitiba

Curitiba quando o assunto é infraestrutura pública torna-se a cidade mais preparada, pois quase na totalidade seus ônibus estão adaptados e dentro do Jardim Botânico, um dos pontos turísticos mais visitados, está o Jardim das Sensações, com trajeto sensorial constituído de uma pista ladeada por sementeiras com legendas em braille, que oferece a oportunidade de ver, tocar e apreciar o perfume de espécies botânicas, bem como de simular ambientações de floresta.

turismo-acessivel-flutuacao-em-bonito

Bonito no Mato Grosso do Sul é uma cidade totalmente acessível, com ruas largas no centro com rampas e restaurantes adaptados para atender cadeirantes. A mairoia das atrações em bonito também possuem pessoal capacidado e infraestrutura para atender o turismo acessível.

turismo-acessivel-rapel-em-anhumas

Finalizando, para todos cuja própria vida já é em si uma viagem no meio de tantas outras, fica a dica, porque na realidade nós é que fazemos com que ela aconteça e para isso basta escolher um destino, comprar as passagens, fazer as malas e colocar os pés na estrada. Quando você voltar, não se esqueça de contar-nos como foi, tá bom?

Últimas Posts

The following two tabs change content below.
Brasileira atualmente vivendo e trabalhando em Cancún como Web Content Developer. Viajar, conhecer outros países e novas culturas são meus hobbies favoritos, como também dançar, fazer exercício e ler. Sou católica, amo Deus, minha família e os amigos que conquistei nesta minha jornada pelo mundo.

Últimas Posts Cristina Terra (Ver todos)

Dicas de Viagem

,