Mocidade Alegre, uma escola de samba vencedora

Autor:

12 fev , 2015  

Fotos: Globo

Fotos: Globo

Quando vemos na televisão as vinhetas e reportagens sobre o carnaval começamos a pensar aonde ir, o que fazer para se divertir nesse feriado prolongado. Faltando pouco menos de um mês, o assunto mais falado no país é o carnaval, os tambores começam a se aquecer e as escolas de samba fazem seus ensaio tanto nas quadras quanto nas avenidas.

Os hotéis em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia… Enfim, de norte a Chuí começam a ser solicitados e ficam com lotação máxima de foliões. Isso tudo é a magia do carnaval que contagia, traz alegria e cantoria que atrai olhares do mundo inteiro para o Brasil, como também turistas que querem ver ao vivo tudo isso.

Além dos blocos de ruas, trios elétricos e bailes de carnaval, os desfiles das escolas de samba são o cartão postal do carnaval brasileiro. O grupo especial é aquele que desfila no ápice do carnaval e é transmitido pela televisão. Mas o que acontece por trás de toda a fantasia e alegorias de cada escola? Cada uma tem sua história de muitos ou poucos títulos ganhos, no entanto o amor que depositam a cada ano em um projeto que começa bem antes do carnaval é de se admirar.

Foto: Globo

Foto: Globo

Uma das escolas que mais ganhou títulos em São Paulo é a Mocidade Alegre (está em 3° lugar no ranking), chamada carinhosamente de Morada do Samba.

Atrás do Treta campeonato em 2015

Conhecida como “Morada do Samba”, a Mocidade Alegre cresceu junto com a história do carnaval de São Paulo. Neste ano a escola completa 48 anos de existência.

A Mocidade foi fundada em 1967, no entanto os seus criadores, Juárez Cruz com seus irmãos e amigos, tinham um bloco de carnaval que inicialmente só desfilavam homens. Os ensaios eram feitos no bairro da Vila Mariana, mas havia muita reclamação dos moradores e então se transferiram para o bairro do Limão na década de 70 até os dias de hoje.

Já foi ganhadora de 10 títulos no grupo especial. Ganhou o título em três anos seguidos, 1971, 1972 e 1973, depois de um jejum de 14 anos voltaram a ganhar em 2004, 2007 e 2008.

Foto: UOL

Foto: UOL

Em 2012 a escola trouxe para a avenida uma linda homenagem a Jorge Amado com o samba enredo “Ojuobá – No Céu, os Olhos do Rei… Na Terra, a Morada dos Milagres… No Coração, Um Obá Muito Amado!“, tudo realmente perfeito e título merecido. No ano seguinte, 2013, o bicampeonato como samba enredo “A Sedução me fez provar, me entregar à Tentação… Da Versão Original, qual será o final?”. O tri campeonato veio em 2014 com desfile impecável, emocionante e marcante ainda mais quando toda a escola se ajoelhou no refrão do samba enredo “A Sedução me fez provar, me entregar à Tentação…Da Versão Original, qual será o final?”.

No desfile do carnaval 2015, a Mocidade atravessará a avenida homenageando uma personalidade nacional, a atriz Marília Pêra e tem como samba enredo “Nos palcos da vida, uma vida no palco: Marília” e prometem lutar pelo tetracampeonato com todas as forças.

Será? Vamos esperar para ver como será o desfile de 2015 no dia 14 de fevereiro.

Últimas Posts

The following two tabs change content below.
Brasileira de São Paulo, professora de português em Buenos Aires e jornalista. Amo viajar, conhecer lugares e suas culturas. "Para viajar basta existir." - Fernando Pessoa

Últimas Posts Flávia Lanzoni (Ver todos)

Brasil, São Paulo