Extravio de bagagem: o que fazer?

Autor:

29 abr , 2015  

Você acaba de desembarcar no destino dos sonhos e avisam: “sua bagagem foi extraviada”. E agora?

Você comprou sua passagem, partiu e acabou de desembarcar e se dirige à correspondente esteira onde deve retirar sua bagagem, identifica o lugar e espera. Até aí tudo bem, mas você nota que, aos poucos, todos saem com suas malinhas e o ambiente se esvazia gradualmente.  Finalmente chega o momento em que a esteira para e você se pergunta “cadê minha mala?

Se você costuma viajar bastante, é provável que já tenha passado por esta desagradável experiência. Ninguém merece começar os primeiros dias daquela trip tão sonhada sem roupas limpas, ou melhor, sem aquela roupa que você comprou especialmente para esta ocasião.

bagagem extraviada

– Situação que ninguém deseja: ter a bagagem extraviada no aeroporto –

Se o extravio é na volta parece ser ainda pior, pois a mala vem carregada de presentes e compras, ou seja, de objetos que podem ser adquiridos apenas naquele lugar. Difícil saber qual situação é pior.

Quando isso acontece, quem é o responsável? Como proceder? Como evitar que a mala seja extraviada?  Vamos tentar esclarecer algumas dúvidas tão comuns nestes casos.

Motivos comuns de extravio de bagagem

Conexões: Pode acontecer de, em uma troca de voos, você embarcar e sua mala não, principalmente se o tempo de conexão for curto e a companhia aérea não proceder de forma responsável.

Perda: Caso a etiqueta a companhia aérea coloca na mala se desprenda, sua mala pode ficar perdida, sem identificação.

Erro: A companhia aérea, ou algum funcionário do aeroporto, coloca sua mala em local ou esteira errados.

Furto: Infelizmente, pode acontecer dentro ou fora do aeroporto.

Engano: Alguém pega sua mala por engano na esteira.

bagagem extraviada
– Bagagem sem retirar: esteira equivocada ou dono desatento? –

Precauções úteis

Evite chegar para o check-in em cima da hora, assim como comprar passagens com conexões muito justas. Também é recomendável evitar conexões entre companhias aéreas diferentes ou que não façam parte da mesma aliança.

Tire etiquetas de voos antigos, confira a etiqueta e seu comprovante no check-in e pergunte ao atendente os procedimentos de retirada de bagagem no caso de conexões. Nos Estados Unidos, por exemplo, você é obrigado a retirar a bagagem e passar pela imigração mesmo que não seja seu destino final.

Coloque uma etiqueta com todos os seus dados como nome, endereço, telefone e e-mail tanto na alça da mala quanto dentro dela. Também coloque uma fita colorida ou algum adesivo, isso evitará que alguém a pegue por engano e facilitará a sua identificação na esteira.

Faça um seguro-viagem, costuma ajudar nestes casos.  Alguns seguros oferecem um pagamento suplementar ao portador, além do já pago pela companhia aérea.

Use sempre cadeados ou lacres tipo enforca gato, tenha sempre extras na bagagem de mão.

Falando em bagagem de mão, sempre coloque uma muda de roupa na bolsa, assim como objetos de valor. Dessa forma, caso tenha algum imprevisto, você terá um mínimo de pertences úteis até solucionar o problema.

Se realmente sua mala for extraviada, o que fazer?

Você deve procurar imediatamente o balcão da sua companhia na área de desembarque. Normalmente, estão próximos à esteira com uma placa de identificação. Você deverá apresentar o comprovante de despacho de bagagem que costuma estar colado atrás da passagem, ou do cartão de embarque, e preencher o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB).

A companhia aérea deve manter contato com você para informar se sua mala já foi localizada e a previsão de devolução. Por mais chato que seja, sempre procure resolver o problema do extravio amigavelmente, caso não seja possível, procure o PROCON da sua cidade e em último caso recorra à justiça.

Últimas Posts

The following two tabs change content below.
Sou brasileira mas me considero uma cidadã do mundo, estudei turismo e tive a sorte de morar e trabalhar em diversos países. Como era de se esperar eu adoro viajar e curtir atividades ao ar livre. Atualmente moro no Rio de Janeiro e amo escrever sobre o que o Brasil e o mundo tem a mostrar!

Dicas de Viagem